Desemprego cai para 6,1% valor mais baixo dos últimos 16 anos

O Instituto Nacional de Estatística (INE) revela que o número de desempregados diminui e a criação de emprego está mais expressiva.


Segundo Instituto Nacional de Estatística (INE), o número de desempregados diminuiu 1,5% em termos trimestrais, ou seja,  estão menos 5,1 mil pessoas à procura de trabalho. A criação de emprego foi, também bastante expressiva, demonstrando que o número de empregados aumentou em 31,1 mil pessoas, em apenas três meses. 

Os dados recolhidos denotam que existe um aumento da população ativa (5.271,2 mil pessoas), havendo assim mais pessoas no mercado de trabalho. Considerando o mesmo período do trimestre anterior verifica-se um aumento de 26,1 mil pessoas (0.5%).

O trimestre denota melhorias a todos níveis, registando-se a diminuição da taxa de desemprego dos jovens (15 e 24 anos) e o desemprego de longa duração.

O Governo comprometeu-se com um valor médio anual de 6,3%. No primeiro trimestre do ano estava em 6,8%, no segundo caiu para 6,3% e agora já está em 6,1%. A taxa de desemprego está mais baixa, do que a meta que consta do esboço de Orçamento de Estado para 2020 entregue pelo Executivo à Comissão Europeia.  

Related Posts

Leave a Comment