Vagas de emprego no Porto

Ao todo existem 77 000 pessoas à procura de emprego no distrito do Porto no final de 2018. Vila Nova de Gaia é, de longe, o concelho com maior número de desempregados (25 434), seguido do Porto (18 288) e Gondomar (11 609).

O pódio dos municípios com menor número é dividido entre Penedono (125) – já no distrito de Viseu, mas englobado nos dados referentes à zona Norte -, Vimioso (156) e Melgaço (165).

A taxa de emprego no Porto passou a partir do segundo trimestre de 2018 a situar-se também ligeiramente acima dos 92%.

De acordo com os dados do Eurostat revelados esta terça-feira, 31 de Julho, a descida da taxa de desemprego em Portugal, no mês de Junho, foi a segunda mais forte entre todos os países da União Europeia quando comparada com o mesmo mês do ano passado.

Falar inglês e ter competências em Tecnologias de Informação são os principais conhecimentos que as Empresas procuram.

O emprego no Porto principalmento o mercado laboral tem vindo a sofrer alterações nos últimos anos e a sua evolução levou a que as empresas valorizem cada vez mais os valores pessoais dos candidatos, não olhando apenas para o respetivos currículo e experiência. Apesar da tendência atual ditar que os currículos sejam cada vez mais simples, os currículos à “la carte” têm vindo a ganhar terreno, ou seja, adaptados especificamente ao cargo pretendido pelos candidatos, segundo o site económico Invertia.

As qualidades mais apreciadas nos candidatos a emprego no Porto:

Compromisso: Com a empresa e com os projetos em que trabalha. Este é o seu segundo lar, um dos locais onde passa mais tempo diariamente, torne-o na sua casa.

Responsabilidade: Cumprir os timings nos projetos com o objetivo de otimizar a gestão do tempo.

Envolvimento: A capacidade de trabalhar como uma equipa ganha cada vez mais força: “Se a empresa ganha, ganhamos todos”, este deve ser o seu credo.

Atitude positiva: Interessar-se e transmitir isto mesmo pelos projetos nos quais se participa.

Pro-atividade: Tomar a iniciativa, empreender ações e assumir a responsabilidade pelo sucedido, quer corra bem ou mal.

Adaptabilidade: A capacidade de adaptação e resiliência é essencial para sobreviver a longo prazo numa estrutura empresarial.

Interesse: Pelo cargo a que se está a candidatar, pelo setor e pela empresa em si. Procurar informação sobre a empresa antes da entrevista é uma prática cada vez mais recomendada pelos especialistas.

Especialização em novas tecnologias: Num momento em que a internet, as redes sociais e as novas tecnologias adquiriram grande peso, mostrar conhecimentos específicos é um ponto a favor para os candidatos.

Sinceridade: Mentir no currículo e na entrevista pode fazer com que perca uma boa oportunidade de encontrar emprego e pode queimá-lo para sempre num setor. Não o faça.

Empatia. A capacidade de mostrar proximidade e compreensão com os restantes companheiros de trabalho ajuda a criar um ambiente laboral favorável.

As melhores empresas para procurar emprego no Porto

O estudo do Great Places to Work elaborou o seu habitual ranking das melhores empresas para trabalhar incluindo o top de Portugal.

Este ranking considera itens como o poder negocial do salário, benefícios extra e valorização do capital humano.

Quatro das empresas seleccionadas localizam-se na cidade do porto ou arredores. Quando procurar vagas de emprego o Porto não se esqueça de dar uma vista de olhos nestas empresas.

GRUPO CH

O Grupo CH tem escritórios em Lisboa, no Porto, Coimbra e Alentejo e ocupa o segundo lugar da tabela geral a nível nacional e no primeiro lugar das melhores empresas para trabalhar no Porto.

Com uma equipa composta por formadores, consultores, auditores, comunicadores e designers, a empresa pretende oferecer soluções à medida das necessidades e especificidades dos diferentes clientes.

O Grupo CH atua em mais de 30 países, tem mais de 400 clientes por todo o mundo e é a consultora portuguesa mais premiada, com 124 troféus arrecadados.

ROFF CONSULTING

Novamente uma consultora, desta vez com sede no Porto, Lisboa e Covilhã. Encabeçando o segundo lugar das melhores empresas para trabalhar no Porto, a Roff Consulting ocupa o 6º lugar a nível nacional do ranking Great Places to Work.

Líder nacional na implementação de sistemas SAP em Portugal, a Roff Consulting é já uma referência na cultura organizacional a nível europeu pelo facto de valorizar a satisfação dos seus colaboradores e promovendo uma gestão orientada para o desenvolvimento responsável e sustentável da própria organização e das pessoas que nela trabalham.

A Roff tem cerca de 850 consultores espalhados por todo o mundo e em 2015 registou um volume de faturação de 60,5 milhões de euros.

Encontre aqui as ofertas de emprego mais recentes na Roff.

DELOITTE – PORTO E LISBOA 12º LUGAR

No terceiro lugar das melhores empresas para trabalhar no Porto está a Deloitte. Com escritórios no Porto e em Lisboa, esta consultora conquistou o 12º lugar do ranking geral.

Com atuação a nível nacional e internacional a Deloitte oferece serviços de consultoria e auditoria nas áreas de Risco, Finanças, Direito, entre outras.

Encontre aqui as ofertas de emprego mais recentes na Deloitte.

JOSÉ JÚLIO JORDÃO

Localizado perto do Distrito do Porto, em Guimarães, está a empresa José Júlio Jordão. Com lugar na 4ª posição na tabela das melhores empresas para trabalhar no Porto, esta empresa nacional consegue alcançar a 23º posição do ranking Great Places to Work.

Responsável por oferecer equipamentos e serviços de refrigeração na área da restauranção e da distribuição, a José Júlio Jordão considera os Recursos Humanos um fator crítico de sucesso no que diz respeito à implementação de qualquer estratégia.

 




Escrever Comentário